Capitã Marvel | Não é só a história que se passa nos anos 90, o site também

O próximo grande filme de super-heróis da Marvel é Capitã Marvel e, ao contrário da maioria dos filmes da franquia, este é ambientado nos anos 90. Assim, a Marvel lançou um site que se encaixa no período da história, com o design da época, completo com animações, fontes e cores estranhas.

O resultado ficou incrivel e nostálgico, explorando os anos 90 que vimos nos trailers do filme, e apresenta uma tonelada de componentes que eram os pilares da Web há quase um quarto de século: animações aleatórias, edição de fotos malucas, quadros HTML, fontes brilhantes e, claro, um contador de visitas. Há até uma Skrull (a ‘velhinha’ que leva um soco no trailer) que você pode clicar para “socá-la” quando aparecer.

Nesta viagem de nostalgia, você não precisa esperar para a página carregar, como na época da internet discada, como o editor executivo do The Verge, Dieter Bohn, apontou no Twitter. Não é bem uma relíquia dos anos 90. Analisando o código-fonte do site, ele descobriu que o tamanho do site é de 10MB, o que levaria uma eternidade para ser carregado em um modem de 28,8k dos anos 90. Ele também apontou que o site foi construído com CSS, e há uma referência no livro de visitas do Dancing Baby (o vídeo viral com um bebê em CGI dançando… Era bem estranho na verdade), ambos lançados em 1996. Mas, os designers do site dizem que eles usaram o FrontPage para construí-lo e hospedá-lo com Angelfire.

É um fac-símile inteligente que replica a aparência da web, e não está muito longe do que alguns de nós lembramos. Se a Marvel lançasse um filme nos anos 90, provavelmente é um pouco como teria sido seu site promocional. Basta olhar para as páginas ainda ativas de Space Jam ou Mallrats, ou fazer uma viagem pela estrada da memória com a Wayback Machine do Internet Archive.

Clique aqui para ver o site.

Capitã Marvel chega aos cinemas em 8 de março.