The Walking Dead | Finalmente soubemos a verdade sobre a saída de Chandler Riggs (Carl)

The Walking Dead ter decidido matar Carl Grimes foi um choque para os fãs e membros do elenco, e agora, o pai de Chandler Riggs abriu o jogo sobre o que realmente aconteceu durante a produção da oitava temporada.

Quando The Walking Dead foi ao ar em dezembro de 2017, já se sabia que Riggs sairia do papel de Carl Grimes. O jovem ator tinha desempenhado o papel dos dez aos dezoito anos. No entanto, o showrunner na época, Scott Gimple, tinha outros planos, e o pai de Riggs, William, se abriu de forma emocionada em uma série de comentários no Facebook. Os comentários foram deletados logo após. Mas finalmente William Riggs decidiu falar a verdade, dada a constante especulação sobre o que realmente aconteceu com a saída de Riggs.

“Só para esclarecer de uma vez por todas: Chandler não queria deixar o programa”, disse William Riggs em um post no Facebook no sábado. “Ele havia sido aceito na Universidade da Geórgia e terminaria a escola enquanto trabalhava (online quando filmava) como havia feito com escola nos últimos 8 anos. Scott Gimple ligou pessoalmente para ele e disse em uma teleconferência em abril que eles precisavam de um contrato de 2 anos, o que era típico, 1 ano garantido e o próximo a sua opção, que também era típico: ele assinou o contrato, formou-se no ensino médio e voltou ao trabalho. Chandler comprou uma casa perto do set e se matriculou na UGA para que ele ficasse perto do trabalho, já que estávamos fazendo viagens de quase duas horas em todos esses anos. Em meados de junho, seu aniversário de 18 anos estava chegando em algumas semanas. 5 episódios foram filmados, e eles pediram para que minha esposa e eu estivéssemos em uma reunião com Chandler (o que foi um pouco estranho). Isso me deixou apreensivo, mas ele e seu gerente me garantiram que era para planejar o horário das filmagens, etc. Scott Gimple era o único lá e ele nos disse que Carl seria eliminado poucos episódios depois.

Chandler ficou absolutamente arrasado. Fiquei desapontado, pois Scott tinha sido desonesto com um jovem de 17 anos, e esperou para nos dizer, deixando Chandler tomar decisões de vida sem essa informação. Depois que foi ao ar, pediram-me para comentar como eu me sentia. Eu fiz, talvez não deveria. 3 horas depois, a AMC me pediu para tirar o comentários (o que eu fiz). 6 horas depois, o TMZ me ligou e me pediu que eu desse uma entrevista, mas recusei. Nada disso nunca foi realmente sobre mim. Não sei porque alguém diria alguma coisa sobre mim, mas tudo bem, ensinar Chandler a desconsiderar a negatividade veio com o acordo para que eu pudesse fazer isso também, rs. Eu nunca dificultei nada para meu filho, nossa família teve que trabalhar junto para tornar isso possível para ele. Somos extremamente gratos pela oportunidade e 8 grandes anos; como pai, senti que Chandler ganhou o melhor tratamento, mas esse é o ‘show biz’. Tempo cruel.”

William Riggs parece estar mais em paz com a decisão de remover seu filho da série AMC agora, mas os novos detalhes da saída são chocantes. Desde então, o ator mudou-se para Los Angeles para se dedicar tanto à atuação quanto à música, apesar de ter tido a opção contratual de estar na sua atual temporada de The Walking Dead (mas ele não continuou).

Andrew Lincoln as Rick Grimes, Chandler Riggs as Carl Grimes – The Walking Dead _ Season 8, Episode 8 – Photo Credit: Gene Page/AMC

Com a temporada 9 de The Walking Dead dizendo adeus a Andrew Lincoln e seu personagem Rick Grimes, é possível que a decisão de remover Riggs tenha sido baseada no conhecimento da saída de Lincoln. Uma outra opção teria sido necessária para encontrar um jeito para Carl sair junto com Rick ou possivelmente tornar Riggs o líder do elenco da série AMC, mas como o ator não continuou, nada disso foi necessário.

No Brasil, The Walking Dead é transmitida pelos canais pagos FoxFox Premium 2 e pelo serviço de streaming Fox App.